Pular para o conteúdo

Neto

“Você está brincando?” “Seus oreiudo!” Hoje, o apresentador é o mesmo nos programas, do que era nos jogos, irreverente e imprevisível.

Ele foi o ídolo do Corinthians e do Guarani, foi um dos melhores jogadores (e um dos maiores heróis) do futebol brasileiro de meados dos anos 80 até os anos 90.

Não podemos dizer se o Neto era uma estrela ou não. O fato é que o seu nome ficou marcado. Remontamos toda sua carreira no Corinthians e seus títulos no Timão.

A história de Neto no Corinthians

José Ferreira Neto é um ex-jogador de futebol. Nascido em 9 de setembro de 1966 em Santo Antônio de Posse, no interior de São Paulo, ele jogou profissionalmente de 1984 a 1999. Atualmente ele é comentarista e apresentador da Rede Bandeirantes.

Antes de recorrer à televisão, “Craque Neto” é conhecido por seu tempo como jogador do Corinthians e por sua imensa capacidade em cobranças de faltas, escanteios e bolas cheias.

Neto ingressou no Corinthians em 1989. Em duas temporadas ele jogou mais de 220 jogos e marcou 80 gols. Ele ganhou três títulos oficiais e muitos torneios amigáveis e simbólicos. Ele foi o jogador mais produtivo do clube.

Em retrospectiva, era impossível para o meio-campista não se tornar um grande ícone do clube. Coloque-se no lugar dos torcedores: Neto foi um bom jogador que deixou um time rival conturbado com grande qualidade e levará o Timão ao seu primeiro título do campeonato brasileiro.

Além disso, o ano de 1990 de Neto foi um ano mágico. Começou com um gol memorável contra a velha rival Ponte Preta, quando ele desafiou a oposição, inclusive o goleiro. Ele marcou seu primeiro gol no Brasileirão em uma partida contra o Palmeiras a partir de um chute livre direto.

O meio-campista marcou cinco gols na competição de cobranças de falta, com um total de nove. Três deles contribuíram para a campanha vitoriosa do Timão. Este desempenho lhe rendeu o apelido de “Craque”.

Embora Neto seja muito talentoso, sua carreira tem sido difícil devido a problemas fora de campo e a uma luta constante com o equilíbrio do seu corpo. No entanto, ele foi fundamental no primeiro título brasileiro do Corinthians e seu nome é sempre mencionado quando se fala sobre a Copa do Mundo de 1990.

Durante sua carreira, Neto conquistou cinco títulos oficiais: o campeonato brasileiro, dois campeonatos paulistas, a Super Copa do Brasil e, no último ano de sua carreira profissional, o campeonato venezuelano.

Seu título mais importante no campeonato brasileiro veio em 1990, quando jogou pelo Corinthians.

Devido a uma segunda metade da temporada abaixo da média, Neto não foi selecionado para o prêmio Bola de Prata da revista Placar. No entanto, em 1991 ele mereceu: marcou 11 gols e levou o Corinthians a menos de um ponto da classificação para a segunda fase.

Quantos gols Neto já marcou?

Oficialmente, temos o número de gols que ele marcou em chutes livres para o Corinthians. Em 228 jogos, 24 deles foram seus.

Neto marcou apenas três gols entre as quartas-de-final e as semifinais do Brasileirão em 1990. Dois deles vieram na histórica partida contra o Atlético Mineiro em Pacaembu, na qual ele orquestrou a virada do Corinthians em cima do Galo.

 

Timão Interior