Pular para o conteúdo

Tupãzinho

Pedro Francisco Garcia, o Tupãzinho, também conhecido como o Talismã da Fiel, nasceu em Uchôa, no interior de SP em 07/07/1968.

Uchoa tem população estimada de 10.008 habitantes e faz parte da região metropolitana de São José do Rio Preto, no interior paulista.

Tupãzinho chegou ao Corinthians em 1990 por empréstimo do São Bento de Sorocaba e ficou conhecido por ser reserva-artilheiro.

Seu primeiro gol com a camisa alvinegra foi pelo Campeonato Paulista de 1990, contra o Novorizontino.

No dia 5 de maio de 1990, o Timão recebeu o adversário no Pacaembu em confronto válido pela primeira fase do Paulistão.

À época, mais de 25 mil torcedores empurraram o Coringão para a vitória por 1 a 0 contra a equipe do interior paulista.

Por marcar gols quando entrava no segundo tempo e que ajudavam o Timão em resultados adversos, Tupãzinho foi apelidado pela torcida alvinegra como o “Talismã da Fiel”.

Gol de Tupãzinho na final do Campeonato Brasileiro de 1990 – Foto: Arquivo Placar

Apesar disso, seu momento de maior brilho em toda sua passagem pelo clube foi em uma partida onde entrou como titular: A final do Campeonato Brasileiro de 1990, contra o rival São Paulo.

Após uma boa jogada onde deu uma ‘caneta’ no zagueiro, cruzou para o ponta Fabinho dentro da área e após um bate rebate a bola sobrou novamente pra Tupãzinho, já dentro da pequena área, que de carrinho ganha da zaga e do goleiro Zetti do São Paulo.

Foi o gol mais importante de Tupãzinho pelo Timão e que garantiu o primeiro título brasileiro do Corinthians, em 1990.

Neto pode ter sido o craque daquela campanha, mas o gol histórico saiu dos pés do camisa 9 Tupãzinho.

https://www.youtube.com/watch?v=PEzxknlE8DM

Ele ficou no Timão até 1996, sempre com boas atuações e mesmo sem ter sido titular na maioria do tempo em que vestiu o manto alvinegro, é um dos jogadores que mais vezes entraram em campo pelo Corinthians: foram 341 jogos e 52 gols.

Com o passar do tempo Tupãzinho perdeu a titularidade, mas nunca deixou de ser um jogador de extrema importância no Corinthians.

Foram inúmeras as vezes que com o Corinthians passando por mau momento dentro de campo, os técnicos chamavam-no do banco de reservas e ao entrar em campo com a costumeira agilidade, velocidade e dedicação Tupãzinho criava jogadas de perigo que acabavam resultando em gols salvadores marcados por ele.

Além do Brasileirão, ele ainda conquistou a Copa Bandeirantes em 1994, o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil em 1995 pelo Corinthians.

Tupãzinho, após sua passagem pelo Corinthians defendeu outros clubes de MG e do RJ, mas nesses clubes era chamado e conhecido por “Tupãzinho do Corinthians”, tamanha a sua identificação com o Timão e com a Fiel torcida.

Se aposentou em 2004. Em 2011 iniciou sua carreira como treinador.

Timão Interior